Agora

A Voz do Brasil

19:00 - 20:00

Notícia

Abono salarial 2017: começa hoje pagamento de R$ 18 bi a 23 milhões

Benefícios serão liberados de acordo com o mês de nascimentos dos profissionais e ficam disponíveis até 28 de junho de 2019
Abono salarial 2017: começa hoje pagamento de R$ 18 bi a 23 milhões

Começam nesta quinta-feira (26) os pagamentos do abono salarial aos profissionais que trabalharam por pelo menos um mês no ano de 2017. A estimativa do governo é de que 23,5 milhões de trabalhadores têm o direito de receber mais de R$ 18,1 bilhões.

 

Os primeiros a terem o direito a sacar o benefício são aqueles nascidos em julho. O calendário segue até junho de 2019, com os recursos sendo liberados sempre de acordo com mês do nascimento (CONFIRA NA ARTE ABAIXO). O prazo final para o recebimento de todos os trabalhadores é o dia 28 de junho de 2019.

 

O valor a ser recebido pelos trabalhadores varia conforme o número de meses trabalhado com carteira assinada em 2017. Os profissionais que atuaram formalmente ao longo dos 12 meses do ano, por exemplo, terão direito a sacar um salário mínimo. Para ter direito ao saque do abono salarial, é necessário ter trabalhado por pelo menos um mês no ano de 2017 com remuneração média de, no máximo, dois salários mínimos.

 

É essencial para o recebimento da grana extra que o profissional estivesse inscrito no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos. Também é preciso que o empregador tenha cadastrado os dados do funcionário na Rais (Relação Anual de Informações Sociais) para que ele tenha direito ao benefício.

 

Os funcionários de empresas privadas podem sacar o dinheiro na Caixa. Para os funcionários públicos, os valores serão disponibilizados no Banco do Brasil. Para os clientes dos bancos, o benefício será creditado automaticamente na conta corrente do profissional assim que o montante for liberado.

 

2016

 

Para quem ainda não sacou o benefício referente ao ano de 2016, o prazo final para fazer a retirada do benefício é também esta quinta-feira (26). De acordo com o Ministério do Trabalho, o total disponível para saque é de R$ 1,44 bilhão.

 

Os valores estão disponíveis para saque até o final de junho, mas cerca de 8% dos beneficiários (ou quase 2 milhões de pessoas) ainda não retiraram o montante.

Fonte(s): R7

Comentários

Últimas notícias

28 Set
Aconteceu
Número de eleitores com menos de 18 anos desaba pela metade na comparação com 2016

Nos últimos quatro anos, a quantidade de jovens aptos para votar caiu de 2,3 milhões para 1,03 milhão

28 Set
Aconteceu
Brasil confirma 14.318 casos de covid-19 nas últimas 24 horas

No mesmo período, foram confirmadas mais 335 mortes

28 Set
Aconteceu
Segunda-feira começa com chuva, mas tempo abre no RS

Tarde deverá ser agradável na maior parte do Estado, com máximas ao redor dos 20ºC

Esse site utiliza cookies para melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar o acesso, você concorda com nossa Política de Privacidade. Para mais informações clique aqui.