Agora

Leonardo Silveira

17:00 - 19:00

Notícia

CNA entrega ofício à Fazenda pedindo ajustes no Plano Safra 2018/2019

Pauta de reivindicações inclui retorno da possibilidade de financiamento de assistência técnica e elaboração de projetos
CNA entrega ofício à Fazenda pedindo ajustes no Plano Safra 2018/2019

A Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) entregou nesta quarta-feira, dia 25, ao Ministério da Fazenda ofício em que pede ajustes em alguns pontos do Plano Agrícola e Pecuário 2018/2019, anunciado no mês passado e que entrou em vigor no dia 1º de julho. Conforme a entidade, a pauta de reivindicações inclui o retorno da possibilidade de financiamento de assistência técnica e elaboração de projetos com recursos do crédito rural a juros controlados, o financiamento de armazéns usados no âmbito do Programa de Construção e Ampliação de Armazéns (PCA) e a revisão dos prazos para reembolso do crédito de custeio para cafeicultura, fruticultura e cana-de-açúcar.

 

O superintendente técnico da CNA, Bruno Lucchi, e a assessora técnica da Comissão Nacional de Política Agrícola da confederação, Fernanda Schwantes, discutiram o tema com o secretário adjunto de Política Agrícola e Meio Ambiente do Ministério da Fazenda, Ivandré Montiel, em reunião na sede do órgão em Brasília, de acordo com a nota.

 

Para Lucchi, o Plano Safra é “muito favorável aos produtores”, mas alguns pontos podem ser melhorados. “O prazo de 14 meses para algumas culturas prejudica a atividade. O PCA não financia armazéns usados e isso daria condições aos produtores de construir armazéns a custos mais acessíveis e tem a questão da assistência técnica que foi retirada do crédito com recursos a juros controlados”, ressaltou.

 

A confederação disse que o financiamento da assistência técnica e elaboração de projetos técnicos para produtores foi retirado do Manual de Crédito Rural e, em consequência disso, o produtor passou a pagar do próprio bolso projetistas para esses serviços. “Como algumas instituições financeiras exigem assistência técnica para liberar o crédito e a assistência técnica especializada é insumo de produção, essa medida precisa ser revista”, defendeu a CNA. Segundo Lucchi, a confederação vai discutir o tema com os ministérios da Agricultura e da Fazenda para buscar uma solução.

Fonte(s): Canal Rural

Comentários

Últimas notícias

28 Set
Aconteceu
Número de eleitores com menos de 18 anos desaba pela metade na comparação com 2016

Nos últimos quatro anos, a quantidade de jovens aptos para votar caiu de 2,3 milhões para 1,03 milhão

28 Set
Aconteceu
Brasil confirma 14.318 casos de covid-19 nas últimas 24 horas

No mesmo período, foram confirmadas mais 335 mortes

28 Set
Aconteceu
Segunda-feira começa com chuva, mas tempo abre no RS

Tarde deverá ser agradável na maior parte do Estado, com máximas ao redor dos 20ºC

Esse site utiliza cookies para melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar o acesso, você concorda com nossa Política de Privacidade. Para mais informações clique aqui.