Notícia

Previsão do tempo: depois do ciclone região Sul vai enfrentar o frio

Previsão do tempo: depois do ciclone região Sul vai enfrentar o frio
Previsão do tempo: depois do ciclone região Sul vai enfrentar o frio

A partir da próxima quinta-feira, 9, o tempo firma por completo no  Rio Grande do Sul e em Santa Catarina, mas a chuva dá lugar ao frio. Uma nova massa de ar polar avança sobre os três estados do Sul e provoca forte queda de temperatura. A onda de frio prevista para esta semana deve ser menos intensa que a onda de frio da semana passada, sem previsão de geadas em grandes áreas. 

 
 

O frio será mais intenso apenas em áreas tradicionais, com temperaturas próximas de zero grau e com formação de geadas na Campanha Gaúcha e regiões serranas do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e do Paraná. 

O pico do frio ocorre entre quinta e sexta-feira, 10, sendo que a partir do sábado, 11,  a massa de ar polar se afasta para o Oceano Atlântico e as temperaturas voltam a se elevar.

Não há previsão de frio intenso com geadas para as lavouras

A onda de frio também atinge partes das regiões Sudeste e Centro-Oeste. Porém, desta vez o frio deve ser menos intenso e não há risco de formação de geadas nessas áreas. Lavouras de milho de segunda safra do Paraná e de Mato Grosso do Sul devem ter chuvas entre segunda e quarta-feira. No oeste do Paraná as chuvas devem ser em maior volume, inclusive com rajadas de vento na terça-feira. Para a região de Cascavel estão previstos acumulados de chuvas de 20 a 30 milímetros. 

 

O frio nas áreas de milho do Paraná e de Mato Grosso do Sul também deve ser menos intenso que o frio da semana passada, não havendo previsão de geadas amplas. Em Cascavel, o pico do frio deve ocorrer na quinta-feira, com temperaturas mínimas oscilando entre 4 e 6 °C. 

Já para as regiões produtoras de café, cana-de-açúcar e laranja, a onda de frio desta semana deve apenas provocar queda de temperatura, mas não representa risco de formação de geadas. Para essas lavouras, a previsão é de uma semana seca, o que em geral favorece o processo de colheita.

Fonte(s): Canal Rural

Comentários

Últimas notícias

06 Ago
Aconteceu
Paulo Guedes diz não concordar com pedidos para compensação da Lei Kandir

Analista Jurídico Ricardo Alfonsin comenta esse imbróglio envolvendo a arrecadação de estados e municípios e como isso pode impact

06 Ago
Aconteceu
Bolsonaro sanciona lei de negociação de dívidas das micro empresas

O anúncio foi feito durante live nas redes sociais

06 Ago
Aconteceu
Senado aprova uso do salário-educação para pagar professores durante a pandemia

Agora texto será encaminhado à Câmara dos Deputados

Esse site utiliza cookies para melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar o acesso, você concorda com nossa Política de Privacidade. Para mais informações clique aqui.